Posts Tagged ‘Yahoo!’

A volta dos que não foram

Thursday, June 7th, 2012

Um ano sem postar aqui. Um ano! Já passou da hora de sacudir a poeira.

Muita, muita coisa mudou desde o último post. Mudei para os Estados Unidos, trabalhei em vários projetos diferentes, viajei bastante, perdi uns 40 quilos (mas aqui nos EUA eu falo que perdi 80 pounds para parecer mais grandioso!), tive mais uma filha, fiz um “double-double” na liga de basquete do Yahoo! hoje… Tanta coisa aconteceu que fica até difícil de decidir por onde começar.

Fazendo uma retrospectiva rápida, o resumo desse últimos 12 meses é que aprendi mais do que em qualquer outro ano da minha vida. Consegui construir um dos times mais competentes que já participei, fizemos um projeto do zero que é o ponto central de todo o Yahoo!, sem contar os outros que continuamos, até chegar nesse ponto onde estamos hoje, trabalhando num produto que tem mais usuários do que habitantes no Brasil! Dá para passar dias escrevendo sobre isso tudo.

Para poder focar nesses projetos e na minha vinda para os EUA (e na saúde, e na família), tive que sumir um pouco e não fui em nenhum evento depois do BrazilJS em Maio/2011. Fiquei triste também de ter que cancelar algumas palestras que já estavam marcadas em conferências como a QCon e a Codestrong, mas olhando para trás acho que isso foi essencial para permitir colocar 100% do cérebro trabalhando nas coisas mais importantes. Quem sabe em 2013 (se o mundo não acabar antes)…

A boa notícia é que agora as coisas estão mais estabilizadas e estou ansioso para voltar a discutir sobre as coisas que acontecem por aí. Para mim sempre foi muito bom escrever porque me fez aprender ainda mais, não só sobre tecnologia e trabalho como também sobre português (principalmente graças a alguns caras como o Denilson e o Pedro que sempre me mandam correções por e-mail quando escrevo errado). :)

Está na hora de organizar as ideias novamente e começar a postar. Estou de volta!

Update: Para tirar a poeira do meu outro blog (em inglês), acabei escrevendo o primeiro post por lá.

[BrazilJS 2011] Aplicações para iOS com JavaScript e Titanium Mobile

Friday, May 13th, 2011

Hoje fiz minha apresentação no BrazilJS 2011, o primeiro evento exclusivamente sobre JavaScript da América Latina. Na verdade fiquei sabendo que os aproximadamente 550 participantes tornaram o BrazilJS 2011 o maior evento de JavaScript da história e do mundo! Incrível! Fico muito feliz de ter feito parte disso e mais ainda pela calorosa recepção dos amigos de Fortaleza. :)

Quer ter ideia de quanta gente estava lá? Então veja a minha vista lá do palco (infelizmente várias pessoas já tinham saído por causa do horário do almoço, que era logo depois da minha apresentação):

Stage view @ Brazil JS 2011

Mas vamos ao que interessa. Minha apresentação foi sobre como desenvolver aplicativos usando Titanium Mobile, JavaScript e APIs abertas do Yahoo! através do YQL.

O Titanium é uma plataforma Open Source que te permite desenvolver aplicações nativas para iOS e Android (e até Desktop) usando suas habilidades de desenvolvimento para web e JavaScript. Diferente de outras plataformas, o Titanium não usa “WebViews”, ele cria aplicações nativas que se parecem e se comportam como aplicativos em Objective-C (iOS) ou Java (Android).

Os slides estão logo abaixo, mas você também pode baixá-los no Slideshare.

Se você quiser se aprofundar nos assuntos que falei durante a apresentação, aqui vão alguns links úteis:

E por último mas não menos importante, muito obrigado pelo feedback no Twitter! Até a próxima!

Feedback about BrazilJS 2011 talk on Twitter (1) Feedback about BrazilJS 2011 talk on Twitter (2)

* Se você quiser começar a brincar com o YQL, aqui está a query que pega os dados das imagens acima: http://y.ahoo.it/TDKTqZRs

Estamos contratando no Yahoo! Brasil

Thursday, November 18th, 2010

Estamos contratando desenvolvedores para o Yahoo! Brasil!

Nosso time é responsável pelo desenvolvimento e manutenção do Yahoo! Meme. Para trabalhar conosco é imprescindível ser faixa preta em Python, PHP ou JavaScript e conhecer pelo menos uma segunda outra dessas três. Mesmo sendo essas as principais linguagens que usamos por aqui, precisamos de desenvolvedores multidisciplinares que saibam usar diferentes tipos de ferramentas – porque nunca sabemos quais produtos virão no futuro e que tipos de vantagens poderemos ter usando ferramentas diferentes.

Tão ou mais importante do que isso é ter ótimos conhecimentos sobre desenvolvimento ágil (especialmente XP), conhecer ferramentas de testes unitários, ser capaz de trabalhar com TDD, entender sobre CI e a sua importância, automatização de rotinas/build/etc., melhores práticas de desenvolvimento de software, Orientação à Objetos, Domain-Driven Design e tudo mais que puder ser relevante para ajudar a construir software confiável e manutenível de forma rápida e com ritmo/qualidade sustentável. Experiência com automatização de testes com Selenium ou Webdriver também é essencial. Como trabalhamos com web, também é necessário ter conhecimento em HTML, CSS e desenvolvimento de aplicações cross-browser.

Como desenvolvemos produtos de escala mundial, é necessário ter experiência com aplicações de alta performance e disponibilidade, identificação e otimização de gargalos de performance, escalabilidade, caching e sharding. É importante também ter bons conhecimentos de pelo menos um tipo de Unix e seus derivados.

Conhecimentos em C, C++, arquitetura de serviços, desenvolvimento de mashups, experiência com uso e desenvolvimento de APIs (REST, YQL, etc.) e experiência em desenvolvimento para iPhone/iPad são bons diferenciais, porém não são requeridos.

Para estas posições é necessário saber inglês bem, o que quer dizer que você deve ser capaz de conversar e ler/escrever em inglês sem problemas (e eventualmente ser entrevistado em inglês caso necessário).

Estamos procurando por pessoas criativas, que gostem de inovação, de pesquisar e identificar novas tendências e de encarar desafios complexos com agilidade e velocidade. Nosso time é pequeno, jovem e nosso ambiente está em constante mudança e evolução. Queremos pessoas irreverentes, que gostem de desafios, com idéias novas e com vontade de criar produtos incríveis!

A empresa oferece contratação apenas por CLT e benefícios como plano de saúde e vale refeição. Estamos localizados na Vila Olímpia em São Paulo. Geralmente contratamos pessoas de outros estados, mas desta vez infelizmente só estamos contratando pessoas de São Paulo/Capital. Update: Voltamos a contratar pessoas pessoas de outros estados e oferecemos auxílio para mudança (passagem, hospedagem, etc.).

Se você se encaixa neste perfil, envie seu curriculo em inglês para mim (gc AT yahoo-inc.com) com uma lista dos últimos 3 livros técnicos que leu. Não esqueça de colocar links para o seu Twitter, LinkedIn, GitHub e o que mais você achar relevante e que pode nos ajudar a te conhecer melhor. :)

Update: mais detalhes sobre a vaga (em inglês) na página de desenvolvedores do Meme.

Como anda o seu inglês?

Tuesday, October 5th, 2010

Há não muito tempo uma pessoa me procurou no IM para conversar sobre sua carreira. Ela me disse que no momento estava fazendo um curso de Java e me perguntou o que exatamente ela precisava para trabalhar numa empresa como o Yahoo!. Conversamos sobre algumas coisas até que perguntei sobre seu inglês. Para minha surpresa, ela disse que o curso de inglês iria ter que esperar um pouco porque naquele momento ela estava priorizando o curso de Java…

Se você está numa situação parecida, faça o seguinte: pare tudo que você está fazendo e vá aprender inglês. Sério, no nosso mercado é muito, mas muito mais importante do que você pode imaginar.

Em primeiro lugar, alguns dos melhores livros existentes só estão disponíveis em inglês. Poucos títulos são traduzidos e quando são levam alguns meses (ou anos) para tal, isso sem contar que as traduções muitas vezes são ruins. Por exemplo, o Domain-Driven Design do Eric Evans levou aproximadamente 5 anos para ser traduzido, o Patterns of Enterprise Application Architecture do Martin Fowler levou 4 anos, e por aí vai. Hoje em dia o tempo é menor que isso, mas mesmo assim é muito tempo. Ou seja, você não só vai ficar alguns meses (ou anos) para trás como também corre o risco de não ter acesso a uma boa parte do conteúdo mais relevante disponível.

Em segundo lugar, os grandes players de TI publicam seus blogs em inglês – assim como vários dos desenvolvedores mais influentes no mercado. De forma alguma estou desmerecendo os blogs em português (como esse aqui), mas grandes nomes como Robert Martin, Alistair Cockburn, Kent Beck – e mais algumas dezenas que eu poderia citar – escrevem em inglês. Isso sem contar as dúzias de blogs como o TechCrunch, Mashable, High Scalability ou até mesmo o xkcd. Se você não entende inglês você não poderá aproveitar todo esse conteúdo.

Em terceiro lugar, a maioria dos projetos Open Source relevantes são em inglês. Por exemplo, você está acompanhando o desenvolvimento do Node.js? Você já estudou Clojure? E o Rails 3? Linux? Python? Projetos da Apache Foundation? Se você já brincou com alguma dessas coisas (ou todas) certamente foi porque você sabe inglês. E você pode não somente usar essas coisas para desenvolver como também estudar os códigos para entender como funcionam ou contribuir com os projetos. Enfim, um mundo gigantesco de oportunidades.

Eu poderia dar mais um monte de motivos – como dizer que a maioria dos lugares mais relevantes que todo mundo gostaria de trabalhar vão exigir que você saiba inglês – mas acho que só isso já é mais do que suficiente. Inglês é uma das coisas mais essenciais para profissionais de desenvolvimento de software e você não pode ignorar isso. Corra atrás e aprenda inglês “pra ontem”, essa é sua prioridade número um!

Coding Dojo SP @ Yahoo!

Friday, August 6th, 2010

Na última sexta-feira (30 de Julho) nós hospedamos aqui no escritório do Yahoo! nossa primeira reunião do grupo Coding Dojo SP!

Coding Dojo SP @ Yahoo!

A reunião foi bem legal e bem cheia. :) Recebemos por volta de 30 desenvolvedores que participaram de um Randori para resolver o problema de escrever números por extenso em Python (graças à influência do nosso amigo Pythonista “rbp“, que foi quem tocou o Dojo).

Acabei de escrever um post no blog do Yahoo! Developer Network contando com mais detalhes como foi o encontro (e explicando também o que diabos é um Coding Dojo). Você também pode ver algumas fotos no meu Flickr.

O próximo encontro será na semana que vem, ainda sem data definida. Para ficar por dentro das datas dos próximos encontros, cadastre-se na lista de e-mails do grupo.

Nos vemos aqui no escritório! ;)

Que ferramentas você vai usar na hora de programar?

Tuesday, June 29th, 2010

Há uns dois meses estava eu numa madrugada típica brincado de escrever códigos aleatórios, dessa vez usando o Google App Engine. Num determinado momento (acho que eu estava testando o versionamento de deploys – que é lindo demais) fiquei tão empolgado que soltei um daqueles posts meio aleatórios no Twitter dizendo: Google App Engine kicks serious ass!. Muita gente estranhou, incluindo o meu amigo Rodrigo Kumpera que prontamente respondeu: @gchapiewski I thought you used to work for yahoo!.

O mesmo “fenômeno” aconteceu no Yahoo! Open Hack Day que fizemos em São Paulo em março. Muitas pessoas acharam estranho e ficaram abismadas pelo fato do Yahoo! e seus funcionários mostrarem hacks que faziam uso de Google Maps, Twitter, Facebook e outros produtos que não são do Yahoo!.

Vamos lá, qual o problema? Sério mesmo, qual o problema? :) Agora que eu trabalho no Yahoo! tenho que usar Y! Mail ao invés de Gmail? Ou então tenho que programar usando apenas YUI ao invés de jQuery? A política do Yahoo! é muito simples e na minha opinião bem coerente: a Internet está cheia de serviços excelentes e nós também temos alguns ótimos serviços. Porque não combinar o que há de melhor e fazer uma coisa melhor ainda?

Sempre falo isso e já até me falaram que parece meio “piegas”, mas é a pura verdade (e nunca é demais repetir): use a melhor ferramenta para resolver cada problema!

Esse modo de pensar é bem difícil nesse mercado. Muita gente acha que linguagens e tecnologias são como religiões, mas não é o que eu acredito. Não me importo de usar Java se for a melhor opção para resolver meus problemas – apesar de adorar programar em Ruby. Ou de aprender uma nova linguagem/ferramenta se ela se mostrar melhor para resolver alguma coisa (como quando eu precisei aprender ActionScript para fazer coisas legais para o Globo Vídeos – apesar de eu nunca ter tido simpatia por Flash).

Para pessoas da nossa área, acredito em um posicionamento profissional baseado em fatos e dados, não em preferências, traumas ou qualquer outro argumento sem lógica. No caso que comecei a contar no início desse post, eu estava programando um webservice REST em Python e o Google App Engine é o melhor lugar para ele estar hospedado. Aliás, eu usei Python já pensando em fazer o deploy lá, porque é super simples de usar, funciona muito bem e vai me liberar mais rápido para fazer outras coisas interessantes. É óbvio que todos temos nossas preferências de linguagens e tecnologias, mas o papel de um profissional é ser pragmático é fazer o que for mais adequado para cada situação.

Sempre que você está programando você precisa atingir um objetivo. Como eu ouvi falar esses dias, você “não senta e começa a programar igual a um cavalo”, você está desenvolvendo um produto ou alguma coisa maior e precisa ter isso em mente o tempo inteiro. Seu objetivo é entregar um software de qualidade, performático, bem testado, manutenível e que atenda ao seu cliente/objetivo. O seu objetivo não é usar as ferramentas da sua empresa ou as tecnologias que você gosta. Pense nisso.

O Open Hack Day BR 2010 foi sensacional!!!

Monday, March 22nd, 2010

O Yahoo! Open Hack Day Brasil 2010 foi sensacional! Não tenho palavras para descrever o quanto fiquei feliz ao ver a quantidade enorme de feedbacks positivos que tivemos sobre o evento. Foram três meses de muito trabalho para organizar todos os detalhes e estou imensamente feliz que deu tudo certo!

Yahoo! Open Hack Day Brasil 2010
Foto: Hackers no Senac para o Open Hack Day 2010

O evento começou uma semana antes com a comunidade brasileira de desenvolvedores mostrando sua força! Os Yahoos gringos ficaram assustados com o tamanho da movimentação dos hackers no nosso wiki interagindo e formando times. Mais um exemplo disso foi quando o Eduardo Otubo (@otubo, que inclusive foi o ganhador de uma das categorias) teve a excelente idéia de criar um canal no IRC (#brhackday no Freenode) onde o pessoal começou a trocar idéias antes mesmo do fim de semana.

Quando o evento começou tivemos alguns pequenos problemas de conexão com a Internet mas graças ao feedback dos hackers e ação instantânea do nosso time conseguimos resolver tudo bem rápido. Aliás, passei 36 horas lendo o Meme, Twitter, IRC, circulando e lendo nosso quadro de feedback para garantir que todos estavam tendo seus problemas resolvidos e que tinham as melhores condições possíveis para programar. Eu diria que o destaque foi quando começamos a ser bloqueados pela API do Twitter (porque todos estavam saindo pelo mesmo IP e chegamos rápido ao limite de 150 requests/hora) e o Cody Simms (@cody) rapidamente ligou para nossos amigos do Twitter, que aumentaram generosamente o limite permitido para o nosso IP!

O resultado foi que tivemos hacks incríveis e de altíssima qualidade. O Christian Heilmann (@codepo8) – que assim como o Cody (e o Anil) veio ao Brasil especialmente para participar do Open Hack Day – acabou de escrever um post no blog do Yahoo! Developer Network (YDN) sobre as categorias de prêmios e seus ganhadores:

  • Hack “Keep it local”: “PlaceHacker” por Maurício Maia – uma cópia do Yahoo! Placemaker que funciona com maior precisão no Brasil e com registros em português.
  • Melhor Hack com o Meme: “SlideMeme” por Carlos Duarte do Nascimento e Vanessa Sabino – um hack para postar apresentações do Slideshare no Yahoo! Meme, convertendo as apresentações para GIFs animadas.
  • Melhor hack com YQL: “Gas Finder” por Eduardo Otubo e Luciano Camilo – uma colaboração (na verdade apresentada em dois hacks separados) que criou uma tabela YQL com os preços de gasolina em São Paulo e uma aplicação em Android que te leva para o posto de gasolina mais barato próximo de você.
  • Hack de melhor utilidade pública:: “Infraero BR parser” por Danilo Bento – um conversor e API que permite encontrar rapidamente várias informações de vôos e aeroportos do Brasil.
  • Melhor hack com YAP: “filmes.cc” por David Ruiz e Ricardo Felipe Noronha Martins – uma aplicação com YAP que mostra os horários de cinemas no Brasil e permite convidar amigos para ir com você
  • Melhor hack escolhido pelos hackers e vencedor geral (sim, os hackers e os juízes concordaram): “F1 Results” por Daniel Rodrigues da Costa Filho, Fabio Dan Dias Cardoso e Iraê de Carvalho Brasil – uma visualização incrível dos resultados históricos da Fórmula 1 baseados na Ergast API e usando Canvas, CSS3 e HTML5 para fazer uma ótima interface rica.

Todos os hackers campeões ganharam uma mochila de notebook personalizada do Yahoo! Open Hack, um iPod Touch e o nosso respeito!

Ganhadores do Yahoo! Open Hack Day Brasil 2010
Foto: ganhadores do Yahoo! Open Hack Day Brasil 2010

Veja as fotos no nosso grupo do Flickr e mais posts sobre o evento na página de notícias do nosso wiki. Veja também a lista dos 48 hacks submetidos no Hack.Trackr e o nosso Delicious para alguns links interessantes.

Mais uma vez um obrigado especial para os meus queridos Anil Patel (@anilpatel) e Mayra Attuy (@mayra_attuy) que passaram os últimos três meses comigo ajustando cada detalhe desse evento. Obrigado também a toda equipe do Yahoo! Brasil – em especial Pedro Valente (@pedrovalente) e Antonio Carlos Silveira (@acarlos1000) que ajudaram MUITO – e a todos vocês hackers por terem vindo e hackeado por 24 horas sem parar criando projetos inspiradores, fazendo deste evento um grande sucesso!

Nos vemos no próximo Open Hack Day, aguardem notícias! :)

Vem aí o Yahoo! Brasil Open Hack Day 2010!

Friday, February 5th, 2010

Dando início às atividades de 2010 (Já estava na hora), estamos organizando o Yahoo! Brasil Open Hack Day que acontecerá nos dias 20 e 21 de março de 2010 no Centro Universitário Senac (Campus Santo Amaro).

Vencedores da Categoria "What the hack was that"

Esta será a segunda edição do evento no Brasil, que também já acontenceu em Sunnyvale, Londres, Bangalore e Taiwan. A última edição no Brasil foi em novembro de 2008 e foi um sucesso enorme; com aproximadamente 200 participantes e uma porção de hacks interessantes!

Serão 24 horas sem parar de hacking, aprendizado, diversão e a oportunidade de conhecer outros hackers! O Yahoo! vai patrocinar comida, bebida e tudo mais que os hackers precisarão para ficarem confortáveis, felizes e liberarem sua criatividade! Haverá também um espaço pra dormir caso alguém queira tirar uma soneca.

No último Hack Day (que eu infelizmente não estava presente) houve hacks muito legais, de aplicações móveis a hacks de hardware. Por exemplo, os ganhadores da categoria “What the Hack” usaram Python, Flickr, Twitter e alguns pedaços de hardware para construir uma placa com LEDs que piscavam mais ou menos dependendo do número de fotos no Flickr e posts no Twitter com a tag oficial do Hack Day.

Também houve um hack super criativo sem código (como assim?!?!), que inclusive acabou obrigando que uma nova categoria fosse criada – “Using the environment Hack”:


Vamos juntos criar novos aplicativos usando as plataformas abertas do Yahoo! como YQL, YAP, Meme, YUI3, Pipes, Flickr e, é claro, quaisquer outras ferramentas de desenvolvimento abertas que você quiser usar. Os melhores hackers ganharão um prêmio e o direito de serem vangloriados até o fim dos tempos ou o próximo Hack Day, o que quer que aconteça primeiro. :)

As inscrições são limitadas, portanto corra e faça logo a sua em http://hackday.com.br! Caso tenha alguma dúvida entre em contato pelo e-mail openhackbrazil@yahoo-inc.com.

Está aberta a temporada de hacking no Brasil!

Yahoo! procura Ninjas

Thursday, January 14th, 2010

Estamos procurando Desenvolvedores e Scrum Masters Ninjas para integrarem nossa equipe no Yahoo!

Nosso time é o que chamamos de “Innovation Cell”, que é algo como uma incubadora de projetos, responsável por pesquisar e criar novos produtos. Atualmente nosso carro-chefe é o Yahoo! Meme, que foi inteiramente desenvolvido no Brasil no último ano e já está em vários outros países como Indonésia, Filipinas, México, Argentina e Taiwan.

Desenvolvedor Ninja

Os Desenvolvedores Ninja serão responsáveis pelo desenvolvimento e manutenção de aplicações web, em especial o Yahoo! Meme e outros aplicativos de integração com redes sociais. É imprescindível ser faixa preta em Python, PHP ou JavaScript e conhecer bem pelo menos uma segunda outra dessas três. Mesmo sendo essas as principais linguagens que usamos por aqui, precisamos de desenvolvedores multidisciplinares que saibam usar diferentes tipos de ferramentas – porque nunca sabemos quais produtos virão no futuro e que tipos de vantagens poderemos ter usando ferramentas diferentes.

Tão ou mais importante do que isso é ter ótimos conhecimentos sobre desenvolvimento ágil e ser capaz de trabalhar com TDD, entender sobre CI e a sua importância, automatização de rotinas/build/etc., melhores práticas de desenvolvimento de software, Orientação à Objetos, Domain-Driven Design e tudo mais que puder ser relevante para ajudar a construir software confiável e manutenível de forma rápida e com ritmo/qualidade sustentável. Experiência com automatização de testes com Selenium ou Webdriver também é essencial.

Como desenvolvemos produtos de escala mundial, é necessário ter experiência com aplicações de alta performance e disponibilidade, identificação e otimização de gargalos de performance, escalabilidade, caching e sharding. É importante também ter bons conhecimentos de pelo menos um tipo de Unix e seus derivados.

Conhecimentos de OpenSocial, desenvolvimento de mashups, arquitetura de serviços e experiência com uso e desenvolvimento de APIs (REST, YQL, etc.) são diferenciais.

Scrum Master Ninja

O Scrum Master Ninja deverá ajudar o time de desenvolvimento a produzir no máximo da sua capacidade. Sua missão será organizar e facilitar os Sprint Plannings e Reviews, bem como Retrospectivas e o que mais for necessário para suportar os times de desenvolvimento e produto. Ele deverá identificar e remover impedimentos, ajudar o time a manter o foco mas dando todo o espaço e autonomia que ele precisa para se auto-organizar e gerenciar. É necessário já ter tido alguma experiência anterior relevante nesta posição.

Como o Yahoo! é uma empresa que em sua maioria ainda trabalha com métodos tradicionais de desenvolvimento, esta pessoa também será responsável por fazer com que o time esteja dentro das normas da empresa, gerando relatórios para as células de gerenciamento de projetos e fazendo algum trabalho burocrático de registro e comunicação de métricas.

Queremos um Scrum Master influente, que seja capaz de entender questões técnicas mesmo que em alto nível, que seja apaixonado por procurar maneiras de melhorar o processo de desenvolvimento, construtivo na hora de resolver problemas e solucionar conflitos e com muita vontade de descobrir novas maneiras de trabalhar com métodos ágeis. O Yahoo! é uma empresa que ainda está engatinhando em métodos ágeis e por isso precisamos de alguém com muita disposição e vontade de mudar a empresa!

Por último, experiência com XP, Lean Software Development, Kanban e diversos métodos ágeis são diferenciais.

Continuando…

Para ambas as posições é necessário inglês avançado, o que quer dizer que você deve ser capaz de conversar e ler/escrever em inglês sem problemas (e eventualmente ser entrevistado em inglês caso necessário).

Estamos procurando por pessoas criativas, que gostem de inovação, de pesquisar e identificar novas tendências e de encarar desafios complexos com agilidade e velocidade. Nosso time é pequeno, jovem e nosso ambiente está em constante mudança e evolução. Queremos pessoas irreverentes, que gostem de desafios, com idéias novas e com vontade de criar produtos incríveis!

A empresa oferece contratação apenas por CLT e benefícios como plano de saúde e ticket refeição. Estamos localizados na Vila Olímpia em São Paulo. Vamos dar preferência para pessoas de São Paulo mas também vamos olhar com carinho currículos de pessoas de fora e daremos auxílio para mudança caso necessário.

Se você se encaixa em algum destes perfis, mande seu curriculo em inglês para mim (gc AT yahoo-inc.com) com uma lista dos últimos 3 livros técnicos que leu. Não esqueça de colocar links para o seu Twitter, LinkedIn, GitHub e o que mais você achar relevante e que pode nos ajudar a te conhecer melhor. :)

Até a próxima, Globo.com!

Saturday, December 5th, 2009

Não imaginava que isso fosse acontecer tão cedo, mas 2009 é o meu último ano na Globo.com.

Meu sonho aqui era ajudar a construir uma coisa maior do que eu e ter uma história para contar. Tenho muito orgulho de ter contribuido para mudar uma empresa tão tradicional como a Globo e de ter trabalhado diretamente num dos maiores exemplos de mudança organizacional e adoção de metodologias ágeis do Brasil. Trabalhei nos produtos de maior audiência da Internet brasileira, entreguei dezenas de projetos bem sucedidos, quebrei diversas barreiras e ganhei o respeito de dezenas de pessoas. Foi incrível! Me sinto feliz por ter cumprido uma grande parte dos meus objetivos e sei que meus amigos que vão me substituir vão continuar a fazer mais conquistas e vão fazer um trabalho muito melhor que o meu, levando a Globo.com para o caminho do sucesso. E como eu já aprendi, o mundo dá voltas. Quem sabe um dia eu sinto saudades do Rio de Janeiro… :)

É muito difícil saber as palavras certas pra usar numa hora dessas. A Globo.com é uma empresa incrível para trabalhar e, até onde eu consigo enxergar, a melhor do Brasil. Disparada. Ela foi inspiração para dezenas de posts desse blog e eu não tenho palavras pra dizer o quanto sou grato por ter tido a oportunidade de trabalhar com pessoas tão talentosas nesses anos todos aqui. Eu adoro essa empresa, dei meu sangue por ela, aprendi mais do que em qualquer outro lugar que trabalhei e conheci alguns dos melhores profissionais desse mercado. Queria citar os nomes de todos vocês e agradecê-los por terem me ensinado tanto, mas não quero correr o risco de esquecer nenhuma sequer das dezenas de pessoas que me apoiaram ao longo desse caminho. Em todas as minhas temporadas e equipes na Globo.com fiz amigos que vou levar para a vida toda e que vou sentir muita falta. É muito triste e muito difícil deixar tantas conquistas e realizações para trás, mas o tempo não pára e eu preciso seguir em frente para conquistar todos os meus sonhos.

Em Janeiro de 2010 estou me mudando para São Paulo e partindo para vôos mais altos e novos desafios no Yahoo!, assumindo a posição de Software Development Manager. Aliás, aproveitando a oportunidade, temos várias vagas em aberto, mas isso é assunto para um outro post. :)

Muitos desafios me aguardam e eu espero ter bastante história pra contar. Estou muito empolgado para trabalhar em produtos novos e criar novas maneiras de facilitar e divertir a vida das pessoas. Vou trabalhar também para tornar o Yahoo! um lugar ainda mais incrível para trabalhar, com ainda mais software e produtos de qualidade e mais uma referência em desenvolvimento ágil no Brasil e – sendo um pouco mais ambicioso (no sentido positivo da palavra) – no mundo!

Mais uma vez, obrigado Globo.com. Yahoo!, aí vou eu!