Posts Tagged ‘Automatização’

Estamos contratando no Yahoo! Brasil

Thursday, November 18th, 2010

Estamos contratando desenvolvedores para o Yahoo! Brasil!

Nosso time é responsável pelo desenvolvimento e manutenção do Yahoo! Meme. Para trabalhar conosco é imprescindível ser faixa preta em Python, PHP ou JavaScript e conhecer pelo menos uma segunda outra dessas três. Mesmo sendo essas as principais linguagens que usamos por aqui, precisamos de desenvolvedores multidisciplinares que saibam usar diferentes tipos de ferramentas – porque nunca sabemos quais produtos virão no futuro e que tipos de vantagens poderemos ter usando ferramentas diferentes.

Tão ou mais importante do que isso é ter ótimos conhecimentos sobre desenvolvimento ágil (especialmente XP), conhecer ferramentas de testes unitários, ser capaz de trabalhar com TDD, entender sobre CI e a sua importância, automatização de rotinas/build/etc., melhores práticas de desenvolvimento de software, Orientação à Objetos, Domain-Driven Design e tudo mais que puder ser relevante para ajudar a construir software confiável e manutenível de forma rápida e com ritmo/qualidade sustentável. Experiência com automatização de testes com Selenium ou Webdriver também é essencial. Como trabalhamos com web, também é necessário ter conhecimento em HTML, CSS e desenvolvimento de aplicações cross-browser.

Como desenvolvemos produtos de escala mundial, é necessário ter experiência com aplicações de alta performance e disponibilidade, identificação e otimização de gargalos de performance, escalabilidade, caching e sharding. É importante também ter bons conhecimentos de pelo menos um tipo de Unix e seus derivados.

Conhecimentos em C, C++, arquitetura de serviços, desenvolvimento de mashups, experiência com uso e desenvolvimento de APIs (REST, YQL, etc.) e experiência em desenvolvimento para iPhone/iPad são bons diferenciais, porém não são requeridos.

Para estas posições é necessário saber inglês bem, o que quer dizer que você deve ser capaz de conversar e ler/escrever em inglês sem problemas (e eventualmente ser entrevistado em inglês caso necessário).

Estamos procurando por pessoas criativas, que gostem de inovação, de pesquisar e identificar novas tendências e de encarar desafios complexos com agilidade e velocidade. Nosso time é pequeno, jovem e nosso ambiente está em constante mudança e evolução. Queremos pessoas irreverentes, que gostem de desafios, com idéias novas e com vontade de criar produtos incríveis!

A empresa oferece contratação apenas por CLT e benefícios como plano de saúde e vale refeição. Estamos localizados na Vila Olímpia em São Paulo. Geralmente contratamos pessoas de outros estados, mas desta vez infelizmente só estamos contratando pessoas de São Paulo/Capital. Update: Voltamos a contratar pessoas pessoas de outros estados e oferecemos auxílio para mudança (passagem, hospedagem, etc.).

Se você se encaixa neste perfil, envie seu curriculo em inglês para mim (gc AT yahoo-inc.com) com uma lista dos últimos 3 livros técnicos que leu. Não esqueça de colocar links para o seu Twitter, LinkedIn, GitHub e o que mais você achar relevante e que pode nos ajudar a te conhecer melhor. :)

Update: mais detalhes sobre a vaga (em inglês) na página de desenvolvedores do Meme.

Yahoo! procura Ninjas

Thursday, January 14th, 2010

Estamos procurando Desenvolvedores e Scrum Masters Ninjas para integrarem nossa equipe no Yahoo!

Nosso time é o que chamamos de “Innovation Cell”, que é algo como uma incubadora de projetos, responsável por pesquisar e criar novos produtos. Atualmente nosso carro-chefe é o Yahoo! Meme, que foi inteiramente desenvolvido no Brasil no último ano e já está em vários outros países como Indonésia, Filipinas, México, Argentina e Taiwan.

Desenvolvedor Ninja

Os Desenvolvedores Ninja serão responsáveis pelo desenvolvimento e manutenção de aplicações web, em especial o Yahoo! Meme e outros aplicativos de integração com redes sociais. É imprescindível ser faixa preta em Python, PHP ou JavaScript e conhecer bem pelo menos uma segunda outra dessas três. Mesmo sendo essas as principais linguagens que usamos por aqui, precisamos de desenvolvedores multidisciplinares que saibam usar diferentes tipos de ferramentas – porque nunca sabemos quais produtos virão no futuro e que tipos de vantagens poderemos ter usando ferramentas diferentes.

Tão ou mais importante do que isso é ter ótimos conhecimentos sobre desenvolvimento ágil e ser capaz de trabalhar com TDD, entender sobre CI e a sua importância, automatização de rotinas/build/etc., melhores práticas de desenvolvimento de software, Orientação à Objetos, Domain-Driven Design e tudo mais que puder ser relevante para ajudar a construir software confiável e manutenível de forma rápida e com ritmo/qualidade sustentável. Experiência com automatização de testes com Selenium ou Webdriver também é essencial.

Como desenvolvemos produtos de escala mundial, é necessário ter experiência com aplicações de alta performance e disponibilidade, identificação e otimização de gargalos de performance, escalabilidade, caching e sharding. É importante também ter bons conhecimentos de pelo menos um tipo de Unix e seus derivados.

Conhecimentos de OpenSocial, desenvolvimento de mashups, arquitetura de serviços e experiência com uso e desenvolvimento de APIs (REST, YQL, etc.) são diferenciais.

Scrum Master Ninja

O Scrum Master Ninja deverá ajudar o time de desenvolvimento a produzir no máximo da sua capacidade. Sua missão será organizar e facilitar os Sprint Plannings e Reviews, bem como Retrospectivas e o que mais for necessário para suportar os times de desenvolvimento e produto. Ele deverá identificar e remover impedimentos, ajudar o time a manter o foco mas dando todo o espaço e autonomia que ele precisa para se auto-organizar e gerenciar. É necessário já ter tido alguma experiência anterior relevante nesta posição.

Como o Yahoo! é uma empresa que em sua maioria ainda trabalha com métodos tradicionais de desenvolvimento, esta pessoa também será responsável por fazer com que o time esteja dentro das normas da empresa, gerando relatórios para as células de gerenciamento de projetos e fazendo algum trabalho burocrático de registro e comunicação de métricas.

Queremos um Scrum Master influente, que seja capaz de entender questões técnicas mesmo que em alto nível, que seja apaixonado por procurar maneiras de melhorar o processo de desenvolvimento, construtivo na hora de resolver problemas e solucionar conflitos e com muita vontade de descobrir novas maneiras de trabalhar com métodos ágeis. O Yahoo! é uma empresa que ainda está engatinhando em métodos ágeis e por isso precisamos de alguém com muita disposição e vontade de mudar a empresa!

Por último, experiência com XP, Lean Software Development, Kanban e diversos métodos ágeis são diferenciais.

Continuando…

Para ambas as posições é necessário inglês avançado, o que quer dizer que você deve ser capaz de conversar e ler/escrever em inglês sem problemas (e eventualmente ser entrevistado em inglês caso necessário).

Estamos procurando por pessoas criativas, que gostem de inovação, de pesquisar e identificar novas tendências e de encarar desafios complexos com agilidade e velocidade. Nosso time é pequeno, jovem e nosso ambiente está em constante mudança e evolução. Queremos pessoas irreverentes, que gostem de desafios, com idéias novas e com vontade de criar produtos incríveis!

A empresa oferece contratação apenas por CLT e benefícios como plano de saúde e ticket refeição. Estamos localizados na Vila Olímpia em São Paulo. Vamos dar preferência para pessoas de São Paulo mas também vamos olhar com carinho currículos de pessoas de fora e daremos auxílio para mudança caso necessário.

Se você se encaixa em algum destes perfis, mande seu curriculo em inglês para mim (gc AT yahoo-inc.com) com uma lista dos últimos 3 livros técnicos que leu. Não esqueça de colocar links para o seu Twitter, LinkedIn, GitHub e o que mais você achar relevante e que pode nos ajudar a te conhecer melhor. :)

Louco por automatização!

Wednesday, April 15th, 2009

Ultimamente tenho feito uma brincadeira que todos ficam achando que eu sou maluco. Costumo dizer que o meu objetivo a cada dia é tentar fazer com que todo o trabalho que eu faria em 2 dias seja feito em apenas 1 hora, e assim eu posso aproveitar as outras 15 horas escrevendo posts no meu blog, estudando coisas novas, jogando Guitar Hero ou até mesmo dormindo (se eu não tivesse insônia).

Parece loucura mas não é. Quando eu ainda era um jovem Padawan um dos vários mentores que tive ao longo da minha vida me ensinou uma lição muito valiosa.

Há bastante tempo atrás, observando um amigo trabalhar percebi que ele passava horas e horas automatizando cada pequena tarefa que faziamos na empresa. Se precisavamos criar uma entrada no DNS, tinha um shell script para fazer isso. Se precisavamos fazer backup, existia um script para fazer isso e ele até já funcionava sozinho. E no caso dele, ele tinha scripts prontos até para facilitar fazer as compras do mês no Zona Sul online (isso é sério mesmo). Basicamente ele era obcecado por automatizar tarefas.

Como ele passava a grande maioria do tempo automatizando coisas, um dia eu resolvi perguntar porque ele perdia tanto tempo fazendo aquilo. Não era apenas uma obsessão sem sentido, tinha um fundamento muito simples. Ele disse: “Quanto mais você trabalhar para tornar a sua vida mais fácil automatizando as tarefas repetitivas, mais você terá tempo livre para fazer mais coisas que você quiser! Fazendo assim você vai ter tempo de sobra para investir nas tarefas realmente desafiadoras, que vão exigir toda sua intelectualidade e que vão te dar prazer. É por isso que eu sempre trabalho com a meta mental de reduzir todo o trabalho que eu faria em 2 dias para 1 hora, e fazendo assim todo o dia e a todo momento as coisas simplesmente vão acontecer; e eu vou produzir muito mais que qualquer um sem absolutamente nenhum esforço”.

Eu sempre achei isso genial! Obviamente ele não passava 15 horas de bobeira fazendo outras coisas. O objetivo era apenas estabelecer uma meta agressiva de automatização de tarefas para conseguir alcançar um nível onde muitas coisas podem ser feitas com pouquissimo esforço, e a brincadeira de “passar 15 horas de bobeira” serve apenas para ilustrar e tornar o exemplo mais divertido. :)

Desde essa época eu venho usando essa abordagem para o máximo de coisas que eu consigo. Meu problema sempre foi que eu nunca tentei de verdade ser tão extremo quanto ele (ao ponto de automatizar até as compras do mês), mas de uns meses pra cá eu tenho sido cada vez mais e mais radical e tenho me tornado cada vez mais produtivo (apesar de ainda ir fisicamente no mercado fazer compras).

“Radical” e “extremo” são palavras que têm uma conotação muito negativa, mas ser radical ou extremo pode ser muito útil quando se tem um propósito como esse (ou então para se fazer uma abordagem como a que eu postei sobre porque eu não gosto de escrever comentários no código).

Em projetos de desenvolvimento de software, os ganhos com uma abordagem desse tipo são impressionantes. No último projeto que comecei (e que estou atualmente) propús para os meu amigos do time que tentassemos fazer uma abordagem desse tipo – radical e extrema – em relação a automatização. A regra que criamos juntos e concordamos ficou bem simples: se alguma coisa precisou ser feita mais de uma vez então ela necessariamente deve ser automatizada.

Depois de aproximadamente 3 semanas de trabalho as coisas funcionam mais ou menos assim:

  • Todos os testes unitários e de aceitação são automatizados e podem ser rodados com apenas um comando (desde criar/atualizar banco de dados até subir Selenium Server, colocar o sistema em um estado conhecido, executar os testes e depois desfazer isso tudo).
  • Toda vez que é feito um push para o Git, o build server roda primeiro todos os testes unitários automaticamente.
  • Se qualquer um dos testes falha, uma sirene toca automaticamente alertando que alguém fez besteira.
  • Se os testes passam, o Capistrano faz um deploy em cada uma das máquinas do ambiente de testes de aceitação e dispara a execução de todos os testes de aceitação nesse ambiente.
  • Se o banco de dados mudou, o upgrade do schema de banco de dados também é feito automaticamente.
  • Finalmente, quando todos os testes passam, é feito um deploy automatico para o ambiente “live”, que tem por objetivo ser o lugar onde se pode ver a última versão de desenvolvimento que passa em todos os testes.
  • Se precisarmos colocar a aplicação em produção, um script fará isso da forma mais simples, segura e instantânea possível.
  • Se um desenvolvedor precisar desenvolver nesse projeto, basta baixar o código do repositório e com um script tudo se configura e funciona automaticamente.
  • Se for preciso criar uma nova tela de cadastro padrão desse sistema, basta rodar um script e ela será quase toda criada automaticamente (apenas as particularidades precisam ser configuradas).
  • … e por aí vai.

Todas essas coisas juntas não foram simples de serem feitas, muito pelo contrário, foi bastante trabalhoso (e até chato algumas vezes). Porém, o resultado não deixa dúvidas: o ganho de performance é absurdamente alto e vale a pena cada minuto gasto investido.

No início levamos muito tempo automatizando tudo mas depois dos primeiros 3 ou 4 dias qualquer coisa passou a levar bem menos tempo do que levaria. Em pouquissimo tempo (algo em torno de 3 semanas, como eu disse) já é possível perceber resultados concretos dessa abordagem. Apesar de ainda termos um monte de coisas para melhorar, nossa agilidade para fazer coisas simples e vê-las funcionando é muito grande!

Não gaste seu nobre tempo fazendo coisas repetidas e chatas. Automatize tudo que puder! Faça os scripts trabalharem pra você!!!