[JBoss World 2008] Max Ross: Hibernate Shards

JBoss World 2008 - Max Ross - Hibernate ShardsMax Ross, do Google, fez uma apresentação sobre o Hibernate Shards.

Desenvolvido em 6 meses como um “pet project” (projeto pessoal) usando 20% do tempo de 3 engenheiros, o Hibernate Shards foi lançado internamente no Google em dezembro de 2006 e depois doado para a JBoss em maio de 2007.

“Shard” é um termo que o pessoal do Google usa para falar de divisão/particionamento. O Hibernate Shards é um framework de persistência baseado no Hibernate, usado para dividir os dados entre vários bancos de dados diferentes, criando um particionamento horizontal das informações.

Resumidamente, o particionamento horizontal é usado quando você têm aplicações com bancos de dados monstruosamente grandes e você precisa distribuí-los em vários bancos de dados. Então, você tem várias instâncias de banco de dados diferentes, todas com o mesmo schema, e com os dados divididos entre elas. Quem gerencia onde está cada banco de dados e em qual “shard” (partição/bucket/o que você quiser) estão os dados é o Hibernate Shards, de forma transparente para a aplicação. O Shards pode usar qualquer banco de dados suportado pelo Hibernate (ele tira vantagem dos dialects).

Os criadores do projeto queriam que fosse fácil e natural para os usuários de Hibernate usá-lo, por isso ele usa vários conceitos familiares como, por exemplo, a ShardedSessionFactory, que implementa a interface SessionFactory. Eles tem uma ShardedSession, e por aí vai.

Apesar do Shards ser totalmente compatível com Hibernate do ponto de vista da aplicação (porque usa as mesmas interfaces), ele não suporta JPA, a implementação de Query ainda não funciona 100% e vários outros probleminhas e “gaps” em relação ao Hibernate…

Confesso que fiquei um pouco decepcionado, porque pelo que eu tinha conversado com o pessoal por aí, parecia que ele seria uma forma de ter um schema distribuído em vários bancos de dados diferentes, e isso ia resolver um problema gigante que tenho. Mas descobrí que isso que eu preciso é particionamento vertical. Perguntei para o Max se daria para fazer alguma adaptação e ele falou que até seria possível escrever um ShardStrategy que quebrasse um galho, mas eu teria muitos problemas maiores pra resolver.

Ao menos serviu para conhecer esses conceitos de banco de dados, que de certa forma eu conhecia mas não da maneira formal.

Tags: , , , ,

No Responses to “[JBoss World 2008] Max Ross: Hibernate Shards”

  1. Legal saber o que está rolando por aí. Atualmente, NHibernate está portando o Shards, mais ainda não dei uma olhada..

    Para o aspecto mais distribuído, dá uma olhada no http://www.hypertable.org/ O projeto é inspirado no BigTable do Google…

Leave a Reply